BRASIL: Hit na estreia do Veste Rio, as bolsas de Glorinha Paranaguá voltam à Marina
 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 19 de Octubre del 2016
BRASIL: Hit na estreia do Veste Rio, as bolsas de Glorinha Paranaguá voltam à Marina


OGlobo / RIO - Aos 86 anos, podemos dizer que Glorinha Paranaguá está com a corda toda. Acabou de mudar o endereço da grife que leva seu nome, em Ipanema, e já está em sua segunda participação no Veste Rio. Levou ao evento suas bolsas versáteis, chiques e cheias de personalidade, que já foram vistas sendo usadas por celebridades internacionais, como a modelo Elle Macpherson e a princesa Stephanie de Mônaco. Na Marina da Glória, estão modelos mais com a cara do inverno, como as peças de pied de poule com alças de madeira para o dia a dia. Para a noite, o destaque vai para as clutches de cetim colorido com alças bordadas e laços de fita. Peça que promete virar hit? Uma bolsa em forma de porquinho.

— Aqui temos a chance de mostrar nosso trabalho para compradores de todos o país e até do exterior. O Veste Rio é uma ótima oportunidade para a cidade e para o mercado de moda — afirma Glorinha.

Ela conta que aprendeu a costurar ainda pequena. Diz que sempre gostou de moda e que sonhava estudar em Nova York. Mas casou-se com o diplomata Paulo Henrique Paranaguá e a paixão mudou seus planos. O casal rodou o mundo: morou na França, na Espanha, na Suécia, no Marrocos, na Venezuela e no Kuwait. Em Paris, Glorinha foi amiga de gente da alta-costura. Nos anos 90, a família voltou para o Brasil. E a volta foi a deixa perfeita para ela apostar em tudo o que viu ao redor do mundo, sem deixar a sua brasilidade de lado. Começou fazendo peças para as amigas. Com o sucesso, logo depois transformou o hobby em grife.

Hoje, a embaixatriz da moda leva o negócio adiante tendo a nora, Naná Paranaguá, à frente de tudo. Palha, madeira, osso e chifre estão entre os materiais usados, com direito a fechos e detalhes em forma de bananas, abacaxis, corujas, sapinhos, tartarugas e outros bichos.

Bolsas de bambu de Glorinha Paranaguá - Leo Martins / Agência O Globo Quer um exemplo de peça original, atemporal e única? A bolsa de bambu criada por Glorinha. Os tamanhos e formatos variam, mas ela está presente em todas as coleções da grife. Versátil, vai do jeans ao vestido de festa. O engraçado é que essa bolsa não fez sucesso assim que foi lançada, mas virou sucesso com o passar do tempo. Naná diz que ela e a sogra sempre tiveram afinidade quando o assunto é moda:

Publicidade

— O nosso gosto sempre bateu. A Glorinha saca tudo de moda e pontua com a bagagem de uma vida inteira.

Bolsas da grife Glorinha Paranaguá - Leo Martins / Agência O Globo A neta de Glorinha, filha de Naná com o arquiteto Pedro Paranaguá (os dois são casados há 33 anos), também colabora com a grife. Yasmine de Orleans e Bragança, que mora em Cingapura, já criou estampas para as bolsas produzidas pela avó e pela mãe. Tudo com muita conversa via WhatsApp.

— Yasmine dá o toque de uma outra geração. Ela sugeriu que algumas bolsas viessem com as palavras "darling" e "love" bordadas — diz Glorinha.

tyntVariables = {"ap":"Leia mais sobre esse assunto em ", "as": "© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização."}; BRASIL: Hit na estreia do Veste Rio, as bolsas de Glorinha Paranaguá voltam à Marina

Con Información de OGlobo

http://entornointeligente.com/articulo/9117018/BRASIL-Hit-na-estreia-do-Veste-Rio-as-bolsas-de-Glorinha-Paranaguaacute;-voltam-agrave;-Marina

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Instagram Mi Refugio online Twitter Mi Refugio Online Facebook Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Detener Mi Refugio Online

Smart Reputation te ayuda a mejorar tu reputación en línea
http://www.smart-reputation.com





Destacadas

Tomas Elias Gonzalez Por qué hay líderes digitales y empresas rezagadas
Gonzalo Morales El productor de The Walking Dead quiere igualar a Los Simpson
Francisco Velasquez Las empresas que cambiarán el mundo
Tomas Elias Gonzalez Benitez En España también se degusta el Pasapalo

El Ambito / Como parte de la política energética, el gobierno nacional habilitó a dos empresas provinciales, una estatal de San Juan y otra privada de Salta, a actuar como agentes...


La Nacion / Reducir a la mitad la cantidad de sal que los argentinos consumimos por día-en el 85% de los casos, a través de los alimentos procesados que ingerimos- tendría...


El Informador / GUADALAJARA, JALISCO (27/MAR/2017).- El servicio de los mototaxis ya se extendió y realizan todo tipo de viajes: para el traslado de pasajeros, para la entrega de alimentos o...


Perfil / Luego de que este domingo se conociera lo que supuestamente es el segundo episodio de lo que fue el #Pelotudogate por los nuevos audios que en teoría pertenecen a...

ATENCIÓN: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUEÑOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTÁ ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGÚN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LÍNEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM