Pesquisas sobre a água do Rio Doce estão atrasadas no ES
 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 19 de Octubre del 2016
Pesquisas sobre a água do Rio Doce estão atrasadas no ES


G1 Globo / "Você vai ter uma lacuna da evolução do problema. Então se a gente agora coleta uma amostra e dá um resultado completamente diferente de abril, como é que a gente vai explicar essa diferença? Pode ser qualquer coisa. Essa lacuna é muito ruim, agora ela existiu e a gente precisa continuar daqui para frente, a gente precisa volta", disse.

Bastos ainda explicou que essa é uma pesquisa que não pode ser feita com um barco pequeno. E também não basta colher água ou lama em qualquer ponto do rio ou da praia e levar para o laboratório. As amostras que eles analisam precisam ser colhidas em pontos específicos, profundidades determinadas e com equipamentos adequados. Só assim eles conseguem fazer uma comparação para saber de que maneira a lama está interferindo no meio ambiente.

"É um trabalho de campo de oito dias e você tem que embarcar sete ou oito pessoas. A gente precisa de verba e a verba é limitada no caso da pesquisa", desabafou.

A lama de rejeitos de minério é um material bem mais fino do que a areia natural do Rio Doce, segundo especialistas. Depositada no fundo do rio, ela não se compacta, fica como um gel e isso interfere na dinâmica do rio e na dinâmica da costa.

Interferência no mar de Regência O geólogo ainda explicou que a lama pode ter alterado a força do mar na praia de Regência. No ano passado, antes da lama, o Rio Doce estava fraco por causa da seca, não conseguia nem desaguar no oceano. O mar é que invadia o rio e deslocava a areia da praia, formando uma barreira que fechava a foz do rio.

Depois da lama, a estiagem continuou e o nível do rio baixou ainda mais, mas dessa vez a foz não foi fechada, as ondas não empurram mais tanta areia. "Com essa lama fluida, é como se ela amortecesse a onda. Ao invés de a onda continuar, ela é amortecida pela lama", explicou.

Outro lado - Fundação Renova A Fundação Renova, criada para analisar os impactos da lama, informou que monitora a qualidade da água e dos sedimentos. No mar são 31 pontos analisados e, segundo a fundação, os resultados estão dentro dos limites do Conselho Nacional do Meio Ambiente.

Já análise dos seres vivos perto da foz do rio e dos oceano só deve começar em dezembro deste ano. Até que não se tenha uma conclusão sobre as consequências da lama na qualidade da água e dos peixe, a pesca continua proibida no mar de Regência. A Fundação foi criada depois do Termo de Transação de Ajustamento de Conduta assinado pela Samarco e suas acionistas, governo federal, governo do Espírito santo e de Minas gerais, entre outras instituições.​ - Instituto Chico Mendes O Instituto Chico Mendes informou que está ​em busca de recursos para que as expedições continuem sendo feitas. Mas ainda não tem uma data para isso acontecer.

tópicos: Baixo Guandu , Colatina , Espírito Santo , Linhares , UFES veja também Lama no Rio Doce: linha do tempo mostra o desastre no Espírito Santo Pesquisas sobre a água do Rio Doce estão atrasadas no ES

Con Información de G1 Globo

http://entornointeligente.com/articulo/9116572/Pesquisas-sobre-a-aacute;gua-do-Rio-Doce-estatilde;o-atrasadas-no-ES

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Todas las noticias del mundo te esperan en este novedoso boletín. Suscríbete!!!
http://www.entornointeligente.com







Otras noticias de interés
Destacadas

La verdad sobre el ajusticiamiento de un PTJ en Caricuao
Tomas Gonzalez La Vinotinto venció con comodidad a Estudiantes de Mérida
Tomas Elias Gonzalez Venezolanos con residencia legal permanente podrán votar en el extranjero
Victor Gill VENEZUELA: CNE: Los venezolanos disponen hasta el 20 de febrero para el corte del Registro Electoral
Gonzalo Morales VENEZUELA: Venezuela y Egipto evalúan proyectos de petróleo y gas
Francisco Javier Velasquez ¿Envejecer? Ronaldo conoce el elixir de la eterna juventud en Champions
Victor Gill GLOBALES: Google reduce sus beneficios ante cargas por reforma fiscal en EE.UU.
Victor Gill GLOBALES: LinkedIn tendrá su propio Window 10 en EE.UU.
Gonzalo Morales Estudiantes piden cuidar el planeta
Gonzalo Morales VENEZUELA: Maduro solicitó al CNE extender Registro Electoral hasta #25Feb
Gonzalo Morales GLOBALES: Venezuela podría reabrir consulado en Miami
Francisco Velasquez Brasil diseña una gran acción humanitaria en la frontera con Venezuela

Negocia en Miami / Creado en julio de 1981, los Ranchos de Steakhouse proporciona comida y servicio de calidad en un ambiente cálido de estilo familiar. Los Ranchos es reconocido como...


La Verdad de Vargas / Photo Credit To Cortesía   *Aseguran que es insostenible mantener el pasaje en Bs. 4.000, cuando un  café pequeño cuesta Bs. 5.000   Bárbara Rondón  ...


Negocia en Miami / ¡Google presenta en octubre su nuevo Smartphone! El lunes Google anunció la presentación oficial de su nuevo Smartphone que será la realizada el próximo 4 de  octubre...


La Prensa de Lara / Las autoridades del Caraballeda Yatch & Golf Club cuestionan la expropiación de los campos de golf ordenada por el gobernador de Vargas, Jorge Luis García Carneiro....

ATENCION: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUENOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTA ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGUN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LINEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM