Renan e líderes definem calendário da PEC dos Gastos no Senado
 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 19 de Octubre del 2016
Renan e líderes definem calendário da PEC dos Gastos no Senado


Agencia Brasil / Os líderes partidários do Senado definiram hoje (19), em acordo com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), um calendário para a análise e votação da Proposta de Emenda à Constituição 241, que impõe um limite para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Pelo cronograma aprovado, a PEC deverá ser votada em primeiro turno no dia 29 de novembro e em segundo turno no dia 13 de dezembro.

O calendário prevê que a proposta comece a tramitar no Senado no dia 25 deste mês, sendo imediatamente enviada à Comissão de Constituição e Justiça da Casa, onde será designado relator. A previsão é que a leitura do parecer seja feita já no dia 1º de novembro, com concessão de vistas coletivas. Também está prevista uma audiência pública no dia 8 de novembro.

Saiba Mais Veja as mudanças com a PEC dos Gastos Públicos Meirelles vai ao TST explicar impactos da PEC 241 A votação do relatório na CCJ está prevista para 9 de novembro, quando começará a contar os prazos de interstícios necessários para que a matéria possa ser analisada em plenário. A primeira das cinco sessões de discussão necessárias para a votação em primeiro turno está marcada para o dia 17 e elas seguirão até o dia 23. Antes da votação em primeiro turno, se forem apresentadas emendas, elas precisarão passar por parecer da CCJ novamente, mas isso não deverá alterar a previsão da primeira votação no dia 29.

Caso a matéria seja aprovada, serão necessárias mais três sessões de discussão, que acontecerão entre os dias 6 e 8 de dezembro, para a votação em segundo turno. A PEC terá a apreciação concluída no dia 13 e, se for aprovada sem alterações, seguirá para promulgação. Se a matéria for modificada pelos senadores, ela retornará para última análise dos deputados.

"É um calendário que vai, sobretudo, qualificar o debate", declarou o presidente Renan Calheiros. Segundo ele, o cronograma respeita todos os prazos regimentais e constitucionais previstos.

Renan ressaltou ainda que, além da audiência na CCJ, um debate público também poderá ser promovido no plenário do Senado antes da última votação. "Uma audiência pública no plenário do Senado Federal e na Comissão de Constituição e Justiça nós teremos dois convidados, que vão representar dois pontos de vista. Por que apenas dois convidados? Para não minimizar o debate entre os senadores. É muito importante que nós possamos avançar no debate, na discussão política, de modo a não haver dúvida, absolutamente nenhuma, com relação ao posicionamento do Senado Federal", disse.

Edição: Amanda Cieglinski Renan e líderes definem calendário da PEC dos Gastos no Senado

Con Información de Agencia Brasil

http://entornointeligente.com/articulo/9116257/Renan-e-liacute;deres-definem-calendaacute;rio-da-PEC-dos-Gastos-no-Senado

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Instagram Mi Refugio online Twitter Mi Refugio Online Facebook Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Detener Mi Refugio Online

Regístrate aquí y recibe noticias y promociones especiales para nuestros lectores
http://www.entornointeligente.com





Destacadas

Victor Gill ARGENTINA: El Papa felicitó a Trump y lo llamó a defender la dignidad y la libertad en todo el mundo
Victor Gill Papa Francisco pide a Trump que no se olvide de pobres, marginados y necesitados
Francisco Javier Velasquez Códigos nucleares fueron traspasados a Donald Trump, ocurrió ante los ojos de todo el mundo 
Victor Gill El menú del primer almuerzo de Donald Trump como presidente

El País / El Senado de EE.UU. aprobó este viernes el nombramiento del general John Kelly como secretario de Seguridad Nacional, el segundo nombramiento oficial de un miembro del gabinete del presidente Donald...


Líder / CARACAS.- Águilas del Zulia comenzó la final con un seguro en la lomita: Mitch Lively . El derecho estadounidense estuvo intratable desde la lomita con apenas dos carreras permitidas,...


El Comercio de Perú / Follow @ EconomiaECpe La funcionaria agregó que la modificación del contrato que se propone favorece a la empresa concesionaria, ya que se encargaría de efectuar "íntegramente"...


El Espectador / El tribunal arbitral que tomó el caso de la Concesionaria Ruta del Sol S.A.S. contra la Agencia Nacional de Infraestructura (ANI) admitió la demanda que la entidad estatal...

ATENCIÓN: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUEÑOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTÁ ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGÚN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LÍNEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM