BRASIL: Chefia de conselho da Petrobrás dava a Dilma acesso total a dados de refinaria
 Inicio > Internacionales | Publicado el Jueves, 20 de Marzo del 2014
BRASIL: Chefia de conselho da Petrobrás dava a Dilma acesso total a dados de refinaria

Esta noticia ha sido leída 20 veces

Estadao / BRASÍLIA - Dirigentes da Petrobrás afirmam que, como presidente do Conselho de Administração da estatal, Dilma Rousseff tinha acesso a todos os documentos produzidos sobre a refinaria de Pasadena, incluindo pareceres jurídicos, antes de dar seu voto pela aprovação da polêmica compra da planta no Texas, EUA.

Veja também:

Oposição tenta aproveitar rebelião do PMDB para aprovar CPI da Petrobrás

Responsável por parecer 'falho' vai para Europa

TV Estadão: Reação de Dilma surpreende aliados e oposição

Cronologia: a compra da refinaria pela Petrobrás



Dida Sampaio/Estadão Dilma em 2006, quando era ministra da Casa Civil

Conforme revelou ontem o Estado , a presidente da República justificou em nota oficial que só aprovou a compra de 50% da refinaria americana em 2006, quando era chefe da Casa Civil do governo Lula e comandava o conselho, porque recebeu "informações incompletas" e uma "documentação falha". Se tivesse todos os dados, disse a petista na nota, "seguramente" a compra da refinaria não seria aprovada.

O negócio de Pasadena é investigado pela Polícia Federal, Ministério Público, Tribunal de Contas da União e uma comissão externa da Câmara por suspeita de superfaturamento e evasão de divisas. A oposição a Dilma no Congresso tenta também aprovar uma CPI sobre o caso.

Dilma afirmou nessa nota que, se soubesse de cláusulas como a que obrigava a Petrobrás a comprar o restante da refinaria em caso de desentendimento com sua sócia, não teria chancelado o negócio, que custou R$ 1,18 bilhão aos cofres da estatal.

Cláusulas como a Put Option, que obriga uma das partes a comprar as ações da outra em caso de desacordo, são consideradas praxe na rotina jurídica da Petrobrás, segundo dois diretores ouvidos ontem, nos bastidores, pela reportagem. Num contrato celebrado pela Petrobrás com uma sócia na Argentina em 2003, por exemplo, a cláusula estava presente.

Um terceiro diretor, hoje político, também sustenta a disponibilidade de informações a quem está no conselho. "Acho pouco provável que algum processo chegue ao conselho (de administração da Petrobrás ) sem estar devidamente instruído para liberação dos diretores e conselheiros", afirmou o senador Delcídio Amaral (PT-MS), que comandou a área de Gás e Energia da Petrobrás e é apontado como um dos padrinhos de Nestor Cerveró na estatal. Cerveró comandava a Área Internacional da Petrobrás em 2006 e foi responsável pelo "resumo técnico" enviado ao conselho naquele ano para que a compra da refinaria de Pasadena fosse aprovada ou não.

A estatal não se pronunciou oficialmente ontem. A presidente da companhia petrolífera, Graça Foster, era esperada em evento em São Paulo, mas cancelou sua participação na última hora.

Advogados afirmaram que a cláusula de Put Option é comum em negócios envolvendo grandes aquisições, mas que não é aceitável que essa informação seja omitida do conselho de administração. "O que não me parece admissível é a Petrobrás, com toda a estrutura de controle que tem, ter omitido do Conselho de Administração informações tão importantes, que poderiam ter sido decisivas para o prosseguimento ou não do negócio", disse o advogado especialista em Direito Empresarial Fernando Tibúrcio Peña. Nesse sentido, caberia responsabilização de quem omitiu a informação.

Conforme a ata 1.268 da reunião do conselho que tratou da compra dos primeiros 50% de Pasadena, por "solicitação" do então presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, o diretor internacional da empresa na época, Cerveró, participou da reunião do conselho, quando fez um relato sobre o negócio. Antes do colegiado, a diretoria executiva da empresa estatal já havia aprovado a compra, mas decidiu submetê-la à avaliação do conselho.

Outra cláusula. Na nota em que justificou o apoio à compra de 50% da refinaria, Dilma também disse que não tinha conhecimento de uma segunda cláusula. Chamada Marlim, garantia à sócia da Petrobrás, a belga Astra Oil, um lucro de 6,9% ao ano mesmo que as condições de mercado fossem adversas. Aqui, segundo os diretores ouvidos reservadamente pelo Estado , havia uma discrepância. O índice mais usado em negócios assim é de 5% para baixo sobre o capital investido.

As fontes da Petrobrás informaram, ainda, que o conselho poderia solicitar uma auditoria no contrato antes da compra, a qualquer tempo, caso houvesse dúvidas sobre o processo, o que não ocorreu com Pasadena. A Petrobrás só começou a agir contra o acordo em 2008, dois anos após a aprovação do negócio. Segundo a nota de Dilma, foi nesse ano que o conselho tomou conhecimento das cláusulas em questão. / COLABORARAM SABRINA VALLE e MARIANA SALLOWICZ

Notícias relacionadas: Dilma se reúne com Jader Barbalho em Belém Para Dilma, Mais Médicos é 'caminho certo' 'Estamos no caminho certo', diz Dilma sobre Mais Médicos Oposição pede informações sobre compra de refinaria 'Governo jamais olha partido', garante Dilma em Belém" Tópicos: Petrobrás , Refinaria de pasadena , Dilma ,

Con Información de Estadao

Para mas información visite: Mundinews.com


Si tu nombre está comprometido podemos hacerte la reputación On Line.
http://www.smart-reputation.com





Otras noticias de interés
VENEZUELA: Cómo Certificar, Legalizar y Apostillar tus Documentos para Emigrar
VENEZUELA: Unión Europea confirma sanciones contra funcionarios venezolanos
Messi y Suárez goleadores en España
StopVIH presentó logros en 2017 seguros de impactar el 2018
La historia de Félix Martín el barquisimetano conocido como “el monstruo de la guitarra eléctrica” (+video)
VENEZUELA: Cabello: PSUV solicitará al presidente que actúe con “reciprocidad” ante sanciones promovidas por España
Pallets de tetosterona contra el envejecimiento
Conozca los pasos para solicitar medicamentos a través del 0-800SaludYa
¡Orgullo larense! Pedro Gutierrez campeón de la Vuelta al Táchira 2018
VENEZUELA: Video alerta: Así se vive el contrabando de productos en la frontera con Colombia
Esto dijo Conindustria por fiscalizaciones al sector productivo del país
VENEZUELA: Detenidas en Monagas más de 100 personas en tercera semana de enero
3.969 medicamentos fueron entregados por el presidente Nicolás Maduro en Monagas
Qué es el código IMEI y cómo usarlo para bloquear y desbloquear tu celular
Atraparon a un tiburón y no creerás lo que había comido (+fotos)
VENEZUELA: Dos venezolanos, murieron en ataque de Kabul
VENEZUELA: Detienen a hombre en China por lanzar su bebé a la basura
VENEZUELA: "No duerman tranquilos, estamos detrás de ustedes": ExDisip amenaza a Diosdado desde Miami (+Video)
VENEZUELA: Celac-China ratifican compromiso de cooperación en condiciones de igualdad
VENEZUELA: FANB reforzará unión cívico-militar en Plan de la Patria 2019-2025
Destacadas

Victor Gill Ramirez Choferes llevarían a Bs. 4 mil el corto y 5 mil el largo: Zulia
Victor Gill Fútbol: Bayern vence a Bremen y toma gran ventaja en la Bundesliga
Francisco Velasquez El Madrid golea con dobletes de Cristiano, Bale y Nacho
Francisco Velasquez Arreaza: Rechazamos decisiones erráticas que la UE ha anunciado contra Venezuela
Victor Gill ¡Orgullo venezolano! La actriz Sindy Lazo concursa en Máster Chef Latino
Gonzalo Morales Jorge Rodríguez sobre sanciones de la UE: Ha perpetrado una bochornosa acción, obedeciendo designios de Trump
Francisco Javier Velasquez Nicole Kidman sigue cosechando premios con Big Little Lies
App Banesco PagoMóvil ya está disponible para iPhone
TNT presenta el primer paso hacia la estatuilla dorada:  Nominaciones a los Oscar® 2018
Cotton USA por un mundo verde y amable
González:" Baruta estará libre de huecos en mis primeros 100 días de gestión"
10 útiles consejos para enviar tus paquetes por San Valentín

LOS ÁNGELES.- "Jumanji: Welcome to the Jungle" se mantuvo en el primer puesto de la taquilla estadounidense una semana más con una recaudación estimada de 20 millones de dólares, informó...


Las Noticias de Cojedes / Un centenar de aficionados recibió en el aeropuerto Adolfo Suárez-Madrid Barajas al piloto español Carlos Sainz, ganador del Rally Dakar 2018, el segundo de su carrera, con gritos de...


El Luchador / Whatsapp vuelve a introducir cambios en su sistema de mensajes y uno ahora podrá determinar cuáles son los más importantes. Desde que Facebook adquirió Whatsapp se introdujeron varios cambios en...


Las Noticias de Cojedes / Caracas. – La Gaceta Oficial número 41.323 con fecha del 18 de enero del año en curso, establece en su Decreto número 3.249 la circulación y...

ATENCION: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUENOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTA ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGUN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LINEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM