Buscas aéreas do avião da Malaysia Airlines suspensas

 Inicio > Internacionales | Publicado el Sabado, 08 de Marzo del 2014
Buscas aéreas do avião da Malaysia Airlines suspensas

Correio da manha / As equipas de resgate suspenderam até domingo a busca aérea do avião da Malaysia Airlines, que desapareceu este sábado com 239 pessoas a bordo quando sobrevoava o Golfo da Tailândia, ao sul do Vietname, informou a transportadora.

A medida foi adotada ao cair da noite na região, cerca de 17 horas depois de a torre de controlo de Subang ter perdido o contacto com o Boeing 777−200 que fazia o voo MH3700, que saiu de Kuala Lumpur às 00h41 (16h41 de sexta−feira em Lisboa) e que deveria chegar a Pequim, na China, seis horas mais tarde.

"Uma missão internacional de busca e resgate foi mobilizada esta manhã. Por esta altura, as nossas equipas de resgate da Malásia, de Singapura e do Vietname não conseguiram encontrar nenhum vestígio do avião", afirmou a Malaysia Airlines no último comunicado, noticiado pela AFP, em que refere ainda que "a missão marítima vai continuar, apesar de a missão aérea ser retomada só ao amanhecer".

Detetada mancha de óleo no mar

Foi detetada uma mancha de óleo com cerca de 20 quilómetros de extensão no mar, entre a Malásia e o Vietname. Este será o primeiro sinal de que o avião da Malaysia Airlines se terá despenhado no mar.

Antes disso, já a marinha do Vietname tinha informado este sábado que o avião da Malaysia Airlines que desapareceu esta noite com 239 pessoas a bordo caiu no mar, perto da costa da ilha vietnamita de Tho Chu, no sul do país, segundo a imprensa local.

O Alto Comando da Marinha vietnamita disse em comunicado que o avião se despenhou nas águas do Golfo da Tailândia, entre a Malásia e o Vietname, a cerca de 300 quilómetros da ilha de Tho Chu, na província de Kien Giang, segundo o portal Tuoi Tre.

O avião, voo MH370, com mais de 11 anos, descolou de Kuala Lumpur às 00h41 (16h41 de sexta−feira em Lisboa) e tinha previsto chegar a Pequim seis horas depois.

A torre de controlo de tráfico aéreo de Subang perdeu o contacto com o avião às 02h40 (18h41 de sexta−feira em Lisboa).

"Estamos muito tristes com a informação sobre o voo MH370", disse o presidente executivo da companhia aérea, Ahmad Jauhari Yahya Malaysia Airlines, em conferência de imprensa.

"A nossa prioridade agora é trabalhar com as equipas de resgate e as autoridades", acrescentou.

Se o avião caiu, este poderá ser o mais grave acidente com Boeing 777, uma vez que, em 19 anos de história, foi registado um único acidente que causou três mortes.

A Boeing afirmou no Twitter que está a acompanhar toda a informação relacionada com o MH370 e que os seus pensamentos estão com todos os que seguiam a bordo.

12 crianças entre os passageiros

Segundo Ahmad Jauhari, entre os passageiros do avião, seguiam 12 crianças. Dos 227 passageiros, 153 são chineses, 38 malaios, sete indonésios, seis australianos, quatro americanos e três franceses, informou.

No Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur, familiares dos passageiros aguardam com angústia informações sobre o aparelho, mantendo−se afastados da imprensa.

"A minha esposa está a chorar. Todo o mundo está triste", disse Hamid Ramlan, um polícia de 56 anos, cuja filha de 34 anos seguia a bordo com o filho para umas férias na China.

O pior acidente do transporte comercial aéreo da Malásia aconteceu a 04 de dezembro de 1977, quando um avião da Malásia Arilines se despenhou e morreram as 100 pessoas a bordo.

Familiares dos passageiros sem informações (12h20)

Os familiares dos passageiros chineses que seguiam no voo da Malaysia Airlines acusam a companhia aérea de os deixar 'às escuras' relativamente ao paradeiro do avião.

Estes familiares foram encaminhados para um hotel perto do aeroporto de Pequim, disseram−lhes que aguardassem dentro do quarto por mais informações por parte da companhia aérea mas até agora ainda ninguém veio. A Malaysia Airlines já veio dizer que pelo menos 152 dos 227 passageiros do voo em causa são chineses.

VEJA A FOTOGALERIA DO DESESPERO DOS FAMILIARES



Primeiro−ministro da Malásia: "não há sinal do avião"

O primeiro ministro da Malásia já veio dizer que ainda não há sinal do avião da Malaysia Airlines desaparecido com 227 passageiros a bordo. Najib Razak garantiu também que as operações de busca estão a ser intensificadas.

Malaysia Airlines com os melhores recordes de segurança

A Malaysia Airlines é a considerada a melhor companhia da Ásia no que respeita à segurança dos passageiros, apesar de alguns problemas financeiros.

Vários países efetuam buscas para encontrar avião desaparecido (11h15)

Mais de 12 horas depois do desaparecimento do avião da Malásia Airlines, com 239 pessoas a bordo, vários países efetuam buscas no mar e no ar para tentar localizar o aparelho que fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim.

Até ao momento, ainda ninguém foi capaz de localizar o Boeing 777, com 227 passageiros de 14 nacionalidades, incluindo três franceses, e 12 membros da tripulação, adianta a agência France Presse.

O avião da Malásia Airlines perdeu o contacto perto do espaço aéreo da província de Ca Mau, no sul do país, diz o Governo vietnamita.

Este desaparecimento levou ao lançamento de ações de resgate no mar da China meridional, lideradas por vários países que disputam a soberania de algumas zonas desta região.

O Ministério da Defesa vietnamita anunciou uma operação de busca na Malásia, que envolve um avião, dois helicópteros e quatro navios que vão patrulhar ao largo da costa leste do mar da China meridional.

A China enviou para o local navios de patrulha marítima e as Filipinas três navios e uma aeronave.

A Malásia Airlines já informou que o avião não enviou nenhum sinal de perigo, nem qualquer outra indicação a indicar um problema.

CLIQUE NA IMAGEM E RECORDE O DESASTRE COM OUTRO BOEING 777 EM SÃO FRANCISCO, EUA



Corrigir Feedback PARTILHAR      








Una alimentación completa y balanceada, así como rutinas básicas de limpieza
 

La selfie grupal tiene nombre, conoce más aquí...
 
TAMBIEN TE PUEDE INTERESAR
La protección del cóndor reunirá a expertos
Análisis de sangre detecta un 86% de los cánceres de ovarios
Terremoto en Nepal alteró la atmósfera
Hallan nuevo método para "fabricar" órganos humanos en animales
Microscopio del móvil detecta parásitos en gota de sangre
Microorganismo unicelular explicaría la evolución celular
Astrónomos ubican la galaxia más distante jamás encontrada
Globos al aire por el Día Mundial del Asma
Globos al aire por el Día Mundial del Asma

www.flashautolease.com the best way to buy or lease a car
 

Usted merece viajar seguro