Gobierno de Miranda entrega mangueras a comunidad de El Loro

ENTORNOINTELIGENTE.COM / Tras cinco años sin suministro regular de agua, 90 familias de la comunidad de El Loro de la parroquia Santa Lucia, del municipio Paz Castillo, podrán disponer del vital líquido sin dificultad, luego que el Ejecutivo regional, a través de Mantenimiento Miranda, entregara de manera gratuita 4 mil 500 metros de mangueras, en el marco del "Plan Mi Comunidad Progresa". La información fue suministrada por el director de la dependencia, Freddy Álvarez, quien expresó que las mangueras son de una pulgada y media de diámetro. "La comunidad organizada son los actores principales que ejecutarán esta acción. La inversión realizada por el Ejecutivo regional fue más de 300 mil bolívares". Álvarez destacó que el "Plan Mi Comunidad Progresa" tiene como finalidad atender las principales solicitudes de las distintas comunidades de la entidad, a través de la autogestión y constante acompañamiento del personal de Mantenimiento Miranda. "Nosotros en Miranda nos ocupamos de resolver los problemas de nuestro pueblo, sin importar el color político, solo pedimos encarecidamente que la comunidad se una para lograr un cambio para todos por igual". Por su parte, Cornelio Díaz, habitante de la comunidad, agradeció al Gobierno de Miranda por la entrega de estas mangueras. "Teníamos más de cinco años sin el suministro regular de agua, ahora nos sentimos muy contentos con esta entrega. El único que nos cumplió fue el gobernador Henrique Capriles. En marzo de 2014 hicimos esta misma petición a la Alcaldía de Paz Castillo y aún estamos esperando respuesta. Gracias a Dios ya podemos solucionar gran parte de lo que por muchos años hemos padecido".

Con Información de ENTORNOINTELIGENTE.COM

www.entornointeligente.com

Visite tambien www.mundinews.com | www.eldiscoduro.com | www.tipsfemeninos.com | www.economia-venezuela.com | www.politica-venezuela.com | www.enlasgradas.com | www.cualquiervaina.com | www.espiasdecocina.com | www.videojuegosmania.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Ampliar Contenido







HostGator Web Hosting





 Inicio > Negocios | Publicado el Miercoles, 12 de Febrero del 2014
Suspeito de lançar rojão usou nome falso em pousada, diz recepcionista
Esta noticia ha sido leída 51 veces

G1 Globo / O auxiliar de serviços Caio Silva de Souza, de 22 anos, preso sob suspeita de acender e soltar o rojão que matou um cinegrafista da TV Bandeirantes em um protesto no Rio de Janeiro na semana passada, teria usado um nome falso para se hospedar na pousada Gonçalves, perto da rodoviária de Feira de Santana (BA), onde ele foi preso na madrugada desta quarta-feira (12). A informação é Ergleidson de Jesus Moreira, recepcionista do estabelecimento.

Segundo Ergleidson, o suspeito se identificou como Vinícius Marcos de Castro e usou dinheiro para pagar a hospedagem. "Ele chegou sozinho ontem [terça-feira] à tarde. Ele pagou a diária de R$ 30 à vista, em dinheiro, e foi para o quarto, de onde quase não", relata o recepcionista.

Ergleidson afirma que nenhum hóspede chegou a desconfiar do suspeito, que só deixou o quarto uma vez para atender uma ligação. "Ninguém o reconheceu. Eu só o vi em um momento, quando um homem ligou para a pousada dizendo que era irmão dele, perguntando o nome com que ele se identificou. Essa pessoa disse que estava chegando a Salvador e vinha para cá e que era para reservar seis apartamentos. Aí eu passei a ligação para ele", diz.

O funcionário conta ainda que Caio estava tranquilo e que não chegou a levantar suspeitas. "Ele estava calmo o tempo todo. Por volta das 2h, a polícia chegou aqui e fui eu que atendi. Já vieram com toda informação e decretaram voz de prisão. Nenhum hóspede saiu dos seus apartamentos e a ação durou de 10 a 15 minutos. Depois eu fui pesquisar na internet e vi quem era", conta.

Pousada fica próxima à rodoviária em Feira de Santana (Foto: Pollyanna Silva/Arquivo pessoal) Segundo outro funcionário do estabelecimento, Marcos Paulo Costa dos Santos, responsável por registrar a entrada do suspeito na pousada, ele não apresentou documento de identidade. "A gente só exige quando é menor de idade. Quando é maior, se não tiver, a gente deixa", acrescenta.

  Prisão O voo que leva Caio para o Rio de Janeiro está previsto para chegar ao aeroporto do Galeão às 8h40 desta quarta-feira, de onde será levado para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho, no subúrbio da cidade.

A prisão foi efetuada pelo delegado que investiga o caso, Maurício Luciano de Almeida e Silva, da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ele estava acompanhado do advogado de Caio, Jonas Tadeu, que também defende outro rapaz envolvido no caso, Fábio Raposo, que está preso no Rio.

saiba mais Suspeito de lançar rojão que matou cinegrafista é preso na Bahia Entidades internacionais mandam carta a Dilma por morte de Santiago 'Justiça vai ser feita', diz filha de cinegrafista morto em ato no Rio Polícia divulga foto de suspeito de acender rojão que atingiu cinegrafista Família doará órgãos de cinegrafista atingido por rojão em protesto no Rio 'Ele morreu a 100 metros da minha janela', diz Beltrame sobre cinegrafista Cinegrafista atingido por rojão em protesto no Rio tem morte cerebral Caio Souza contou após a prisão que pretendia fugir para a casa de um avô no Ceará , quando foi convencido por telefone pela namorada a se entregar à polícia. Apontado como responsável por acender e posicionar o rojão que causou a morte do cinegrafista Santiago Andrade, ele alegou logo após a prisão que não sabia que o artefato era um rojão, e sim o explosivo conhecido como "cabeção de nego". Ele pediu ainda desculpas pela "morte de um trabalhador, como ele própio, sua mãe e seu pai".

Na quinta-feira (6), o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade gravava imagens de uma manifestação contra o aumento das passagens de ônibus no Centro do Rio, quando foi atingido na cabeça pelo rojão. Ele teve morte cerebral na segunda (10), depois de passar quatro dias em coma no Hospital Souza Aguiar.

De acordo com a polícia, é Caio Souza quem aparece nas imagens registradas por fotógrafos e cinegrafistas usando calça jeans e camisa cinza suada.

O Disque-Denúncia havia divulgado um cartaz pedindo informações sobre o paradeiro de Caio Souza, que é auxiliar de serviços gerais em uma empresa prestadora de serviço do Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio.

Durante todo o dia, policiais fizeram buscas em várias regiões do estado para prender Caio. Segundo a polícia, a família dele mora na Baixada Fluminense. Os agentes estiveram em outros endereços, mas ele não foi encontrado no Rio.

Registros na polícia O delegado que investiga o caso informou que foi Fábio Raposo quem apontou Caio Silva como responsável pelo disparo de rojão que atingiu o cinegrafista. O suspeito foi identificado através de uma foto mostrada a Fábio Raposo, que teria contado também que conhecia Caio de outros protestos e que o suspeito tem um perfil violento.

Caio Souza tem quatro registros na polícia do Rio. Em 2008, deu queixa dizendo ter sido agredido pelo irmão. Em 2010, foi levado duas vezes à delegacia por suspeita de porte de drogas, mas não chegou a ser acusado. E, em 2013, foi à polícia dizer que tinha sido agredido em um protesto no Centro do Rio.

Caio Souza e Fábio Raposo foram indiciados por homicídio doloso (quando há intenção de matar) qualificado por uso de artefato explosivo e crime de explosão. Se forem condenados, podem pegar até 35 anos de prisão.




Con FLASHAUTOLEASE.com te ayudamos con el crédito y obtienes tu carro rápidamente

Medidas económicas de Maduro devalúan a diario al Bolívar

Conozca todo sobre esta extraña enfermedad
Otras noticias de interés
  • Voluntarios de DIRECTV sanearon la Quebrada Chacaíto del Parque Nacional Waraira Repano
  • Lechería fue epicentro de la cultura este fin de semana
  • Cinema Povera
  • VENEZUELA: Siete boxeadores venezolanos tienen su boleto a los Panamericanos Toronto 2015
  • Paulina Vega descartó reunirse con las Farc para hablar de paz
  • Alcaldesa de Baltimore impone toque de queda tras disturbios
  • SMURFIT KAPPA en HISPACK 2015 con sus innovadoras soluciones de embalajes de cartón y Bag−in−Box®
  • BRASIL: Após temporal, Dilma liga para ACM Neto e oferece ajuda a Salvador
  • PARAGUAY: Captahuellas regularán en Venezuela compra de 23 insumos de la canasta básica
  • Linio apuesta por el talento jóven venezolano
  • COSTA RICA: Declaran toque de queda en Baltimore a partir del martes a las 10 de la noche
  • VENEZUELA: ¿Qué mecanismo genera terremotos como el de Nepal?
  • "Néstor Kirchner dejó la plataforma para hacer de Buenos Aires la provincia lider del crecimiento"
  • COLOMBIA: Navarro Wolf pide claridad por asesinato de su primo en Medellín
  • Voluntariado de Novartis se activó a favor de la Cruz Roja
  • Gobierno de Lechería continúa campaña para fomentar inclusión de personas especiales
  • Gameloft revela nuevas funciones que permiten interaccionar con el Apple Watch
  • Arte sin gluten o alérgico al trigo
  • Video + Fotos | Pablo Sandoval tuvo que salir por molestias en el cuello
  • Guarenas Guatire cuenta con 117 puntos vulnerables a las lluvias


  • Todo, potasio, zinc y otros elementos que benefician tu piel

    Todas las noticias del mundo entero en Mundinews.com

    Entérate de todo lo que podemos ofrecerte para crear tu imagen digital