Franquicia Helen Doron busca forjar niños bilingües

ENTORNOINTELIGENTE.COM / Helen Doron Kindergarten es una franquicia que da la posibilidad al franquiciado de tener una guardería bilingüe inglés−español o exclusivamente en inglés. Los niños, de 2 a 6 años, se desarrollan a nivel personal y la vez aprenden inglés desde muy pequeños, hablándolo como si fuera su lengua materna. Helen Doron Kindergarten da a cada niño el conjunto de habilidades necesarias para iniciar su desarrollo físico e intelectual y su integración social. Los alumnos aprenden ciencias y matemáticas, disfrutan de una nutrición sana y realizan juegos, bailes, canciones y muchas más actividades, además de inglés. El aprendizaje de este idioma, algo fundamental, se da ya desde el primer momento. Así, Helen Doron Kindergarten funciona como jardín de infancia por la mañana y, por la tarde, como centro de enseñanza de inglés Helen Doron English. Para el aprendizaje de este idioma, se utiliza la metodología Helen Doron English, implantada ya en 800 centros en todo el mundo y basada en una forma natural de aprender. Se enseña inglés a niños de 3 meses a 18 años como una lengua materna, con escuchas repetidas y refuerzo positivo. Las clases son dinámicas, en grupos de máximo 8 alumnos y los niños aprenden jugando, cantando y divirtiéndose. Se usan además, como complemento, herramientas innovadoras como juegos en app's y otras nuevas tecnologías. Más de dos millones de alumnos de 34 países ya han aprendido inglés según esta metodología desde que se fundó, hace 30 años. La franquicia quiere introducirse en México mediante la búsqueda de Franquiciados Máster, es decir, que además de su propio "kindergarten", poseen las licencias de uso de la marca en una región de 4−10 millones de habitantes y franquicien a su vez a otros emprendedores. Para ser Franquiciado Máster de Helen Doron Kindergarten se requiere una dedicación a tiempo completo y una inversión de cómo mínimo 190,000 USD (canon de la franquicia).

Con Información de ENTORNOINTELIGENTE.COM

www.entornointeligente.com

Visite tambien www.mundinews.com | www.eldiscoduro.com | www.tipsfemeninos.com | www.economia-venezuela.com | www.politica-venezuela.com | www.enlasgradas.com | www.cualquiervaina.com | www.espiasdecocina.com | www.videojuegosmania.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Ampliar Contenido














El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player




 Inicio > Internacionales | Publicado el Domingo, 01 de Diciembre del 2013
Frota de veículos mais que dobra em 10 anos

OGlobo / RIO − O despachante Júlio César Rodrigues mora em Teresina (PI) e há quatro anos comprou uma moto com a qual vai para todos os cantos da cidade. Mesmo sem se dar conta, ele ajudou o Brasil a bater um novo recorde: o país chegou a uma frota de mais de 80 milhões de veículos. Carros ainda são maioria, mas as motos, como a comprada por Júlio César, estão entre as maiores responsáveis pelo alcance dessa marca. Junto com os veículos, crescem o tempo gasto no trânsito, a poluição e o número de acidentes, do qual o despachante também já foi vítima.

O Brasil se tornou um país que ganha mais carros e motos do que gente. De acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), entre setembro de 2003 e o mesmo período deste ano, houve um aumento de 123% na frota do país. Para se ter uma ideia, nesse mesmo espaço de tempo, a população cresceu 11%. Nesses anos usados para a comparação, o Brasil ganhou uma média de 12 mil por dia. Em resumo, é como se todos os moradores de uma única cidade, como Cardoso Moreira, no Norte Fluminense, adquirissem pelo menos um carro ou uma moto diariamente.

− Quem ganha um salário mínimo pode comprar uma motocicleta a prestações. As facilidades hoje são grandes, tanto no grande número de prestações como no consórcio − explica Júlio César, fazendo contas de que uma motocicleta nova custa de R$ 5 mil a R$ 7,5 mil e pode ser comprada em consórcios ou em prestações de R$ 200 a R$ 250 mensais.

Todas as regiões do país mais do que dobraram suas frotas, mas a elevação no índice foi catapultada principalmente por Norte e Nordeste. Nos dois casos, os percentuais de crescimento do número de veículos foram de 235% e 195%, respectivamente. A maior contribuição para que as duas regiões atingissem tamanho percentual veio das motocicletas, o que se refletiu no índice brasileiro.

Mais carros nas mesmas ruas

Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e especialista em transportes, Gilberto Gonçalves explica que o aumento da frota brasileira é fruto de uma política que incentivou o uso do carro, com facilidades de financiamento e redução de tributos, como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que deixa de vigorar no fim do ano. Foi a escolha por um transporte individual em detrimento do coletivo. O número de carros e motos, por exemplo, aumentou 125% nesse período. O de ônibus e micro−ônibus, transportes coletivos, 90%.

− Há um incentivo muito grande à aquisição desse tipo de bem (veículos). Mas é inviável o transporte individual para o meio ambiente e para o sistema viário das cidades. Nesse período, o sistema viário não cresceu − explicou o professor.

Dados da Confederação Nacional do Transporte (CNT) mostram que o investimento federal em infraestrutura de transporte, em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), caiu desde a década de 1970, mas voltou a uma tendência de crescimento a partir da década de 2000. Em 2003, 0,07% do PIB era gasto em investimento federal com infraestrutura de transporte, contra 0,29% no ano passado. Em 1976, esse percentual era de 1,84%.

Embora o automóvel ainda seja o veículo mais presente na frota brasileira, as motocicletas e motonetas (como scooters e lambretas) têm papel de destaque: registraram uma elevação de 256% no período analisado. Somente no Maranhão, o número desse tipo de veículo apresentou um aumento de 543% entre setembro de 2003 e o mesmo mês deste ano.

Tamanho aumento de frota tem reflexo no número de mortes em consequência de acidentes de trânsito, conforme O GLOBO constatou, com base em dados do DataSus, sistema de informação do Ministério da Saúde. Em 2011, ano do dado mais recente, 43.256 pessoas perderam a vida em colisões − um aumento de 31 % em relação a 2003. Isso faz do Brasil um dos cinco países onde mais ocorrem acidentes com mortes no trânsito. Os maiores crescimentos estão nas regiões Norte e Nordeste, justamente as duas onde mais houve aumento da frota.

O número de internações por conta das colisões no trânsito também foi às alturas. Entre janeiro e agosto deste ano, 112.264 pessoas foram parar no hospital por conta de acidentes de trânsito, o que significa um crescimento de 55% em relação ao mesmo período de 2003. Novamente, a tendência se seguiu, e os maiores índices ficaram com Norte e Nordeste.

Mas nenhum índice é tão alto quanto os que envolvem os acidentes com motos − incluindo motociclistas e pedestres atropelados por esse tipo de veículo: foram 167% mais mortes e 235% mais internações nesses mesmos períodos. Reflexo de um país onde, em alguns estados, há mais motos do que motoristas com carteira de habilitação para andar nelas.

Formação ineficiente de motoristas

Para Dirceu Rodrigues Alves Júnior, diretor de Comunicação da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o aumento de mortes e de pessoas internadas em consequência dos acidentes de trânsito se deve a uma junção de fatores. São mais motoristas mal formados percorrendo as vias das cidades e não há punição na mesma medida que as irregularidades acontecem. Segundo ele, a formação dos motoristas, da forma como é hoje, é ineficiente e se baseia somente no que vai cair na prova do Detran. Os condutores não saem preparados para dirigir nas adversidades, como na neblina, por exemplo, além de normalmente não aprenderem direção defensiva.

− Existe uma negligência por parte do governo. Há falta de fiscalização e de punição severa. O motorista não respeita o sinal, para na faixa de pedestre, não usa o cinto, desobedecendo ao que é proposto pelo Código de Trânsito. Tudo isso é somado à má condução, porque os cursos são ineficientes, ensinam o sujeito a andar a 30, 40 km por hora, a subir uma ladeira e não deixar o carro recuar, a fazer baliza. O sujeito faz a prova fazendo essas ações. Fazendo tudo direitinho, o governo autoriza a dar uma arma na mão do sujeito que desconhece todas as adversidades no trânsito. Ele não aprendeu nada, só a fazer o carro a andar − afirmou Dirceu.

Os que mais morrem e mais ficam com sequelas por conta das colisões são pessoas de 18 a 34 anos. Dirceu explica que essa ineficácia do país em relação à violência no trânsito custa caro ao governo, que perde na produtividade e na Previdência Social, com jovens se aposentando por invalidez. Quem entrou para essa dura estatística foi o filho da funcionária pública Guilhermina Mendes e Vales, de 56 anos. Jean Mendes e Vales morreu há seis anos, aos 24 anos, vítima de acidente de motocicleta. Estava sem capacete e sofreu traumatismo cranioencefálico.

− Ele saiu para deixar um amigo e sofreu um acidente. Até hoje, sofro com a mesma intensidade do dia de sua morte − recorda Guilhermina. − Você sabe como são os jovens de hoje. Eles afirmam que vão bem ali, que é rapidinho e não é preciso colocar capacete, não − completou. ( Colaborou Efrém Ribeiro )

Otras noticias de interés
  • MÉXICO: Esperan dar de alta este fin de semana a 20 pacientes por explosión
  • Hallan inconsciente en su casa de Atlanta a la hija de Whitney Houston
  • GLOBALES: Perú registra el mayor desarrollo en asociaciones público-privadas en la región
  • ESPAÑA: Un líder multimedia
  • Cicpc capturó en Táchira a un sujeto que falsificaba documentos
  • VENEZUELA: Dario Vivas: Revolución Bolivariana seguirá victoriosa pese a ataques de la derecha
  • Aprende inglés con estas apps
  • Un secreto de estado
  • VENEZUELA: Venezolanos en el extranjero deben declarar el Islr
  • PANAMÁ: Lava autos, comercios que crecen sin control
  • MÉXICO: Huesos hallados podrían ser de argentinos desaparecidos: Paraguay
  • Franquicia Helen Doron busca forjar niños bilingües
  • Privan de libertad a dos hombres por tráfico de cocaína
  • Charlie Hebdo pospone indefinidamente la salida de su próximo número
  • López quiere estar presente para saber cómo justificarán que está preso por sus palabras
  • Hallan inconsciente en su casa a la hija de Whitney Houston
  • Acusan a exsargento de la Policía Metropolitana por muerte de cinco jóvenes
  • Luiz Henrique recebe apoio formal do PSDB para presidente do Senado
  • Las ligas europeas de fútbol se viven por DIRECTV Sports
  • Vecinos de Guatire recibieron asistencia odontológica gratuita

  • Benserca18.com
    (Ads By Web24)

    La vida es un viaje nosotros te acompañamos
    http://www.benserca18.com
    (Ads By Web24)

    Precios especiales al mayor de Cascos y Acessorios para motos.
    http://www.web24horas.com/
    (Ads By Web24)

    Entérate de todo lo que podemos ofrecerte para crear tu imagen digital
    Otras noticias de interés
  • Warner Channel continúa regalándote episodios en estreno de Gotham, Flash, Arrow y Forever
  • García-Page: "La unidad del PSOE es crítica, esto no es un ejército"
  • La fuerza del rock de Muchmusic desembarca en Chile
  • Más de 80 toneladas de alimentos expendió la Misión Alimentación en Maturín
  • Chelsea sacó un empate ante el Manchester City
  • DVC Carabobo entregó donativo a Instituto de Educación Especial Flor Amarillo
  • Guadarrama presenta en Fitur 2015 "El Gururú"
  • Red Baruteña de Emprendimiento celebra su XII encuentro
  • MÉXICO: Fallece Lisbeth González, de 'La voz... México'
  • BRASIL: Cinco ministros são exonerados para tomar posse no Congresso amanhã
  • Autopistas del Sol se hará cargo de los autos "bañados" en brea
  • VENEZUELA: Cómo capitalizar tu pasión y convertirte en emprendedor en 5 pasos
  • Rivero llega a Estados Unidos para impulsar defensa de DDHH para Venezuela
  • "Perdóname" de Michel Puche sigue cosechando éxitos
  • AN resalta espíritu independentista de José Félix Ribas
  • Polisotillo recapturó a sujeto evadido de los calabozo de Chuparín
  • Venezuela logró tercer lugar en la Regata Río Negro de Argentina
  • Multitudinaria convocatoria tuvieron eventos con artistas nacionales
  • Continúa el primer Underpop Fest en La Feria
  • Hallan inconsciente en su casa de Atlanta a hija de Whitney Houston
  • http://www.cualquiervaina.com
    (Ads By Web24)

    Las noticias más locas seriamente narradas
    http://www.benserca18.com
    (Ads By Web24)

    Cascos y accesorios para motos Calidad Benserca
    http://www.web24horas.com/
    (Ads By Web24)

    Realizamos páginas web en tan sólo 24 horas
    Otras noticias de interés
  • Vecinos de Guatire recibieron asistencia odontológica gratuita
  • PORTUGAL: Sindicatos de saúde "preocupados e indignados" com "desorganização do SNS"
  • Carlo Ancelotti: "Karim ha jugado un partido fantástico"
  • MÉXICO: Cirugía robótica avanza en México, afirman especialistas
  • Saúl (Atlético): "Desde el primer minuto hemos salido a ganar el partido"
  • "No volteen sus fusiles contra el pueblo, estén a la altura de la historia"
  • Un nuevo balance eleva a 61 los muertos en el atentado contra la mezquita chií de Shikarpur
  • Carlos Gutiérrez: "Vengo al Gran Valencia a aportar mi experiencia y liderazgo"
  • Proyecto de Expansión continúa con Programa de Arborización
  • Fiscal General anunció detención de directora general de Mercados Internos del Ministerio de Petróleo y Minería
  • El amor se respira en el aire en TBS veryfunny
  • Darán de alta a 20 heridos por la explosión en Cuajimalpa
  • PANAMÁ: El golf es un deporte que no solo acapara la atención masculina
  • Easy Taxi empieza 2015 con fuerte expansión
  • Evo Morales se reunirá con Merkel para hablar del proyecto de tren eléctrico
  • VENEZUELA: Evo Morales anuncia que se reunirá con Angela Merkel en julio
  • Evo Morales anuncia que se reunirá con Merkel para abordar proyectos de infraestructura y energía eólica
  • Ministerio Público logró condena para hombre por femicidio agravado
  • Muere presidente del Grupo Planeta a los 68 años
  • Fracasa grupo de Minsk en negociar tregua en Ucrania