Sem UTI pedi√°trica h√° 7 anos, Sa√ļde de Americana, SP, recorre a regi√£o
 Inicio > Internacionales | Publicado el Jueves, 14 de Noviembre del 2013
Sem UTI pedi√°trica h√° 7 anos, Sa√ļde de Americana, SP, recorre a regi√£o
Noticias Relacionadas: RecorreRegi√£oAmericanaSa√ļde
Esta noticia ha sido leída 65 veces


ENTORNOINTELIGENTE.COM / G1 Globo / A carência de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica em Americana (SP) é alvo de reclamações de famílias, que precisam aguardar por vagas na região para conseguir ter atendimento em casos graves para crianças de zero a 12 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a Secretaria de Saúde, o problema ocorre desde 2006 por não ter condições físicas e de recursos humanos. No entanto, a inauguração dos leitos está prevista para o próximo ano.

A fragilidade do sistema que atende 224 mil habitantes também foi apontada pela família moradora do bairro Balneário Salto Grande, que esperou por ao menos cinco horas para a liberação de um leito em Jundiaí (SP), a 70 km da cidade, para atender um menino de 5 anos, que morreu após uma picada de escorpião-amarelo. Parentes questionam o atendimento dado à criança e relatam omissão de socorro no atendimento pela falta de UTI.

saiba mais 'Era sempre carinhoso', diz mãe de garoto morto após escorpião picá-lo Polícia interrompe velório de criança morta após picada de escorpião De acordo com a secretaria, a falta de unidade na cidade faz com que a demanda dependa da disponibilidade de hospitais da região e também particulares. “Não deixamos de agir, não há descaso, fizemos todos os esforços para que a criança fosse atendida como ela foi atendida”, disse o secretário da pasta, Fabrízio Bordon.

Por recomendação do Ministério da Saúde, a cidade deveria ter entre quatro a nove leitos.  Ainda de acordo com a indicação, de 4% a 10% dos leitos pediátricos devem ser destinados para UTIs.

Segundo o secretário, um novo complexo hospitalar está em processo de finalização que vai contar com seis leitos para começar a operar em 2014. "Começamos em 2010 a construção e implantação da UTI. [...] O município tem grandes dificuldades financeiras de custear as UTIs", explica.

Hospital Infantil André Luiz em Americana não tem

leito de UTI pediátrico (Foto: Reprodução/ EPTV) Fila para leitos

A demora em conseguir uma vaga causou complicações para a filha da dona de casa Claudia Regina Matos de 26 dias. “Internamos a neném e ela ficou na fila. Foram conseguir depois que ela estava muito debilitada”, conta. Ainda de acordo com a mãe, o atendimento foi improvisado pela equipe médica do hospital para evitar as complicações da suspeita de coqueluche e pneumonia. “Se tivesse UTI ela não teria sofrido das 17h30 até as 7h sem ter um lugar adequado”, desabafa. Para os outros dois filhos, ela resolveu fazer um plano privado para evitar a reincidência dos problemas que enfrentou. “Fico indignada porque o poder público não fez nada para mudar essa situação que deixa as crianças sem atendimento adequado”, afirma.

Reincidente na região

Segundo o pediatra Alfredo Daniel Lopes a falta de leitos de UTI pediátrica e a superlotação são problemas na cidade e na região. “Faltam investimentos em equipamentos, faltam investimentos em leitos. O pediatra que trabalha em pronto-socorro hoje vive um calvário porque quando ele se depara diante de um caso grave, ele tem que transferir essa criança para uma terapia intensiva começam os problemas”, lamenta.

 

 

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi







We are experts in social media management
 

WEB24 IT Services can build your site in 24 hours
 
TAMBIEN TE PUEDE INTERESAR
Matt Damon y Ben Affleck llevar√°n al cine esc√°ndalo en FIFA
Los Filis de Filadelfia presentaron a su nuevo presidente
Mónaco y Sharapova salvan primeros escollos en el césped londinense
La Euroliga empieza ya: estos son los 24 participantes para 2015-16
La Euroliga empieza ya: estos son los 24 participantes para 2015-16
Fallece Josef Masopust, leyenda del balompié checoslovaco
Selección de Baloncesto de RD cancela fogueos contra el País Vasco
√Ārbitro criticado por Gerardo Martino dirigir√° Argentina-Paraguay
Boston promete organización enteramente privada y beneficios sin precedentes para Olímpicos

Your new web site in just 24 hours. Try us.
 

WEB24 IT Services is your best option to make Digital Marketing