Ampliar Contenido














El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player




 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 24 de Abril del 2013
BRASIL: Apoio tecnológico garante produção agrícola em plena seca
Esta noticia ha sido leída 68 veces

ENTORNOINTELIGENTE.COM / Depois de três anos sem plantação, a comunidade do assentamento rural Antônio Conselheiro, localizada na zona rural de Barra, na Bahia, consegue produzir, apesar da pior seca dos últimos 50 anos na região do Semiárido brasileiro. Desde o ano passado, as famílias têm plantado mandioca, umbu, laranja, caju, milho, abóbora, banana, feijão, acerola e hortaliças com a ajuda de tecnologias implementadas pela Embrapa.

A experiência com o projeto de agricultura familiar em áreas irrigadas também tem beneficiado moradores do assentamento Santo Expedito, na Bahia.

Para receber a equipe responsável pelo projeto, a comunidade liderada pela camponesa Antônia Francisca Guedes, a Toinha de Igarité, preparou uma mesa farta. As 51 famílias esperavam reunidas para mostrar melancia, mandioca, mamão e milho − resultado do trabalho desenvolvido em conjunto com a empresa.

"Queremos levar essa experiência com a muvuca (seleção de várias culturas para plantação) para os quintais. Se cada família levar para o seu quintal, dá para viver sem sair para trabalhar fora. Essa semana já levamos a propaganda da banana para dois mercados", disse Toinha. Além do consumo próprio, as famílias são orientadas a vender o excedente da produção para cooperativas e programas de aquisição de alimentos do governo federal.

De acordo com o pesquisador de sistemas de produção sustentável da Embrapa, Marcelo Romano, a produção do assentamento foi possível por meio do projeto de irrigação. A técnica específica para regiões onde a água é escassa, utiliza métodos pressurizados (aspersão, microaspersão, miniaspersão e gotejamento). A água usada pode ser captada pela chuva, com o uso de cisternas, mas em períodos de escassez pode ser proveniente da distribuição de carros−pipa.

"Com a pesquisa, são testadas variedades de alimentos para avaliar os que melhor se adaptem à região", explica Romano.

Entre as soluções desenvolvidas e adaptadas às condições climáticas do Semiárido estão a produção de variedades de milho mais resistentes ao clima seco da região, técnicas de manejo adequado das culturas e sugestões de diversificação da produção com fruteiras resistentes à seca, agricultura com água biossalina ou salobra para produção de ração animal.

Segundo o analista de transferência de tecnologia da Embrapa, Ildos Parizotto, a metodologia de trabalho teve de ser adaptada à realidade das comunidades de agricultura familiar.

"Temos de usar ferramentas participativas, muito diálogo para estabelecer um clima de confiança entre o pesquisador e o agricultor. Cada grupo tem um tempo de aprendizagem para modificar a questão cultural que hoje é diferente de tudo que ele viveu. Ele esperava a chuva para plantar. Hoje ele quebrou esse paradigma para plantar. Com esse tipo de confiança estabelecida se consegue resgatar um pouco da autoestima, porque ele se vê dependente, marginalizado, excluído", diz.

A pesquisadora Luiza Brito argumenta que as tecnologias esbarram nas limitações financeiras e culturais dos pequenos produtores rurais. "Nossos produtores não são capitalizados para implantar uma das tecnologias com recursos próprios. É aí onde vem a necessidade de políticas públicas para permitir ou garantir uma infraestrutura mínima de captação e armazenamento de água para esses produtores familiares. Aqui, o nosso agricultor é descapitalizado, pobre de informações e tem muitas vezes a sua cultura local".

No contraponto das ações desenvolvidas pela Embrapa, que ajudam a população do semiárido a conviver com a condição climática do Semiárido, Luiza aponta a necessidade de políticas estruturantes ou duradouras para a comunidade local já que a estiagem é um fenômeno cíclico e previsível.

"Além das tecnologias de conviver com essas condições de semiaridez, é necessário também, como ocorre em 2012/20013, tecnologias estruturantes, duradouras, permanentes que suportem dois, três anos de seca. Essas tecnologias que estamos discutindo não têm capacidade de suportar o que está acontecendo", avalia.

Outro ponto defendido por pesquisadores é a necessidade de reforçar a extensão rural, para que as tecnologias desenvolvidas pela Embrapa cheguem a mais famílias rurais no país.

"O trabalho de disseminação das informações sobre as tecnologias geradas depende de uma estrutura mais consolidada de assistência técnica e de extensão rural. No Brasil, desde a década de 80 se assiste a um verdadeiro desmonte dessas estruturas que já foram realmente fortes, principalmente a extensão rural. É preciso fortalecer esse apoio técnico, seja na extensão rural, nas organizações da sociedade civil. Essa estrutura é fundamental para que as informações cheguem e sejam disseminadas", defende o pesquisador da Embrapa da unidade Semiárido Pedro Gama.

Além dos trabalhos desenvolvidos pontualmente por unidades da Embrapa na região do Semiárido, a empresa também atua no plano Brasil Sem Miséria do governo federal. Agricultores e comunidades tradicionais recebem material didático sobre como lidar com os kits de sementes recebidos.

De acordo com a empresa, o folheto explica como as famílias podem produzir e armazenar o produto de seus trabalhos. O material também tem um espaço para ensinar receitas culinárias com a produção dos agricultores. Além disso, o material traz regras para o uso da água. O objetivo é garantir segurança alimentar e nutricional a essas famílias.

Até o momento, as ações em parceria com o Brasil sem Miséria já beneficiaram mais de 19 mil famílias da região nordeste, em 14 Territórios da Cidadania no Semiárido, abrangendo os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Sergipe e Rio Grande do Norte. Ao todo, 12 projetos de inclusão produtiva e cinco projetos transversais são executados por todas as unidades da Empresa da Região Nordeste, além da Embrapa Milho e Sorgo (Minas Gerais).

Heloisa Cristaldo www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Otras noticias de interés
  • PERÚ: Aprueban convenio del Perú con el Banco Mundial y el FMI
  • Modernizan sistema eléctrico del Metro
  • "Hoy mi prioridad es aprovechar el tiempo, no tengo mucho por delante"
  • ESPAÑA: La CNMV cree que las cajas de Bankia debieron sanearse antes de salir a Bolsa
  • El Banco Popular reitera apoyo al sector turístico
  • Inspiradas en referentes barriales
  • VENEZUELA: Novia de Nemtsov, testigo de su asesinato, recibi? amenazas de muerte
  • ESPAÑA: Andreu insta a Bakia y Fundación Caja Madrid a detallar los gastos y usuarios de las tarjetas b
  • VENEZUELA: Berlusconi: Quienes iban a las fiestas eran"viejecitos con poder?
  • VENEZUELA: Hombre desnudo y herido irrumpió en Centro Comercial de Táchira
  • El BEI y Kutxabank destinarán 400 millones a proyectos de inversión de pymes
  • Harrison Ford fuera de peligro tras estrellarse la avioneta que pilotaba
  • ESPAÑA: La compraventa de viviendas se incrementa un 9,6% en enero
  • PORTUGAL: Sindicato denúncia lista VIP" de contribuintes
  • El chavismo se apoderó de 25 medios en Venezuela
  • VENEZUELA: Investigan viajes del hombre que atacó a embajador de EEUU en Seúl
  • Los golpes que sufrió Harrison Ford no ponen en peligro su vida
  • Con un estallido de colores la India da la bienvenida a la primavera en el festival Holi (+fotos)
  • GLOBALES: La ONU advierte que la brecha salarial entre géneros no se cerrará en 70 años
  • Hamás aplaude suspensión de la cooperación en seguridad con Israel

  • http://www.clippingdigital.com
    (Ads By Web24)

    En Venmedios.com tenemos la mejor herramienta para capturar todas las noticias
    http://www.flashautolease.com
    (Ads By Web24)

    Con FLASHAUTOLEASE.com te ayudamos con el crédito y obtienes tu carro rápidamente
    http://www.benserca18.com
    (Ads By Web24)

    Precios especiales al mayor de Cascos y Acessorios para motos.
    Otras noticias de interés
  • Juan Aurich: Revive en imágenes la victoria 2-0 sobre San José
  • Crean chaqueta "helada" que permitiría eliminar grasa y adelgazar
  • James Rodríguez volvió a entrenar con el Real Madrid
  • Imprimir y cocinar comida con impresora 3D
  • El Zelda más oscuro y complicado
  • BCV suspende subasta de dólares para el menudeo / www.clippingdigital.com
  • Cristiano Ronaldo envía a un peluquero para que peine a su figura de cera
  • Kevin Ríos ganó primera etapa de la Vuelta al Valle
  • Deliciosas trufas de oreo
  • El lado oscuro de las estrellas Michelin
  • Cuando la vida nos sacude
  • El prostíbulo de los cursos de formación, una montaña de escombros tras recibir 233.000 euros
  • Lilian Tintori: Leopoldo López no dejará Venezuela
  • Resumen de la conferencia de Microsoft en la GDC
  • "Mordor" y "Monument Valley" ganan en premios de videojuegos
  • Alejandro González abrirá la serie contra Uruguay en la Copa Davis
  • Sierralta: discurso de López fue detonante de la violencia el 12 F
  • Un libro fundamental de la gastronomía venezolana
  • La mano de la Victoria de Samotracia se expone en el Museo del Louvre
  • Hoy será el sorteo de la Copa Davis
  • http://www.web24horas.com/
    (Ads By Web24)

    En Web24 IT Services realizamos su página Web con tecnología y diseño de alta calidad.
    http://www.entornointeligente.com
    (Ads By Web24)

    El chikungunya es un virus que causa fiebre alta, dolor de cabeza, dolores en las articulaciones y dolor muscular.
    http://www.flashautolease.com
    (Ads By Web24)

    Con FLASHAUTOLEASE.COM adquiere un carro en Miami a los mejores precios del mercado
    Otras noticias de interés
  • Un barrio cerrado en el predio de Pueyrredón
  • ESPAÑA: El Índice de Producción Industrial (IPI) cae un 0,2% en enero en tasa interanual
  • CPI da Petrobras tem gritos, bate-boca e troca de ofensas
  • VENEZUELA: Hallan 3 cuerpos calcinados en un carro en Lara
  • URUGUAY: Perú quiere jugar en la altura
  • El criollo Odubel Herrera aseguró que “ha sido un buen comienzo, voy por buen camino?
  • Leopoldo Puchi: “Es necesario pasar al diálogo y a la búsqueda de ciertos entendimientos”
  • Ahora se puede recorrer el Amazonas por Google Street View
  • La película ‘McFarland: Sin límites’ va tras los pasos del éxito
  • URUGUAY: Imágenes del momento que rescatan a Harrison Ford de su avioneta
  • Tomás Guanipa asegura que la MUD ha buscado atajos
  • VENEZUELA: Invertirán más de Bs. 150 millones en obras de vialidad en Táchira
  • Circo Ringling retirará a los elefantes de sus espectáculos
  • Astrónomos confirman teoría de Einstein al observar explosión de supernova
  • ESPAÑA: Rivera aprueba con nota
  • Agrodosa indemniza a 200 productores de habichuela
  • Ecobici: a fin de mes estrenan las 40 estaciones automáticas
  • Rita Barberá afronta con toda su "entrega" el reto de su séptimo mandato
  • PORTUGAL: Contrato de concessão de serviço público da RTP é assinado hoje
  • El agua no tiene color